Piano

O piano traz uma gama de possibilidades, que nos leva do popular ao erudito.

Popular:
Nessa vertente do piano, trabalhamos a destreza técnica, a improvisação, os conceitos harmônicos no geral entre outros.
Uma das diferenças entre os dois conceitos é que no popular trabalhamos muito o domínio rítmico, considerando que trabalhamos diversos estilos no piano popular.
A leitura não é descartada no piano popular, pois ela facilita no decorrer da vida musical o aprendizado e a execução de obras mais complexas.

Erudito:
O piano erudito teve seu apogeu no século XIX, época do romantismo, quando o nosso instrumento se tornou uma espécie de centro das atenções e foco da produção de um repertório monumental no qual a técnica atingiu níveis muito altos.
As principais habilidades que se procuram desenvolver são a leitura fluente de partituras e a destreza técnica para realizar o repertório. Porém, isso não exclui o incentivo a criação e desenvolvimento de ideias.

Por isso o estudo detalhado dos diversos assuntos que constroem a musica!